CAPÍTULO 1

A partir da segunda metade do século XIX, uma nova e revolucionária forma de energia começou
a se transformar numa das indústrias mais bem-sucedidas da história da humanidade:
a geração e a utilização da energia elétrica para que se realizem as mais diferentes tarefas.

As invenções e descobertas do final do século XIX e começo do XX permitiram a transformação
da energia elétrica em negócio:o desenvolvimento da geração eletromecânica, primeiro com os dínamos de corrente contínua e depois com os geradores de corrente alternada movidos a turbinas térmicas ou hidráulicas, possibilitou um ganho de escala que não era possível com a geração química presente nas pilhas de Volta, por exemplo.

O transformador, patenteado por George Westinghouse em 1887, tornou viável a transmissão
da energia por longas distâncias e permitiu a construção de usinas hidrelétricas fora dos limites urbanos, em locais de melhor aproveitamento da força das águas. O motor, a lâmpada e o rádio, entre outras invenções, abriram o caminho para o consumo industrial, comercial e doméstico, em larga escala, da energia produzida fora da cidade.

Clique aqui e faça o download do livro para ler mais